28 de nov de 2008

Publicidade com lazer

Após discussões exaustivas sobre publicidade no orkut, o Google resolveu implantá-la em massa nos perfis e comunidades do site.O sucesso da rede social no Brasil parece finalmente ter encontrado uma forma para obter receita financeira, depois da gigante da internet ter enfrentado diversos problemas com a Justiça devido aos conteúdos inadequados postados por usuários.Desde a última segunda-feira (14), o orkut publica anúncios no site. Anteriormente, a exibição de anúncios não era frequente e restrita à um grupo de testes.A estréia da publicidade na rede social mais popular do país ocorreu sem alarde e obedece ao critério de palavras-chave do Google. Quem está em uma comunidade de empregos, visualizará anúncios de trabalho, por exemplo.
Com informações do Plantão INFO
Fonte:Redação Adnews
É engraçado como as coisas fluem naturalmente, em todos os aspectos, ou seja, a simplicidade está presente em quase todos os ramos. É claro que, agora se pensarmos friamente o orkut seria um imenso instrumento de publicidade, a de se notar pelo seu imenso sucesso aqui no Brasil, e é óbvio que seria um excelente formato de divulgação. Bom, o divertimento aliado a propagação está aí, basta utilizá-lo. Você não concorda? Comente.

27 de nov de 2008

BARZINHO DA HORA

As noites de Salvador ganharão uma opção de lazer e entretenimento diferenciados a partir do dia 9 de dezembro। Nessa data, será inaugurado no Rio Vermelho o 30 Segundos Bar, administrado pelos sócios baianos Xande Mendonça, Leo Mendonça André Fidalgo, Francisco Fidalgo e Annibal Bittencourt. O quinteto já investiu R$ 800 mil no empreendimento, que será dedicado ao tema Publicidade e Propaganda. A decoração do espaço, que ocupará 400 m², terá quadros, vídeos e peças de campanhas antigas, reunindo ainda os prêmios recebidos pelas principais agências baianas.Boa parte desse material sairá do acervo pessoal dos irmãos Leo e Xande, que atuam no mercado publicitário há mais de 10 anos, e, é claro, da coleção de Duda Mendonça, pai dos jovens empreendedores. "A publicidade não é meramente um tema. O bar será um ponto de encontro entre pessoas que se interessam pelo assunto e querem curtir a noite", afirma Xande. O estabelecimento terá telas LCD, onde serão exibidos comerciais antigos, considerados clássicos no segmento, e filmes publicitários recém lançados de grande repercussão. Além da exposição de peças publicitárias, o local irá sediar palestras e meetings entre agências e seus clientes para a apresentação de campanhas.
fonte: http://www.adnews.com.br/

Olhem isso moçada, a jogada brilhante dessa rapaziada, esta idéia era o que estava faltando para nós aqui em Curita, afinal não há nada do tipo aqui, aliás, acho que no Brasil não tem nada semelhante nesta área, pelo menos que eu saiba. É interessante pois pode se tornar um point para conversarmos e trocarmos idéia de vários acontecimentos, ou seja, é um big e diferenciado brainstorm, onde poderão ser debatidos e confabulados vários temas, mas tudo com uma pitada de disseminação de processos mentais com aspectos voltados à propaganda, afinal ela é a alma do négocio. O que você achou deste bar, acha que seria uma boa idéia? Faça seu comentário.

25 de nov de 2008

Show de dupla sertaneja gera polêmica em Curitiba

Na tarde desta terça (18), a Redação do Portal Bonde recebeu uma nota da assessoria de imprensa da Fundação Cultural de Curitiba (FCC) esclarecendo sobre a realização de um show da dupla Victor e Leo na sexta, 5 de dezembro, na Pedreira Paulo Leminski. Segundo nota, a FCC constatou que ingressos para o show já estavam sendo vendidos e que matérias veiculadas em meios impressos divulgavam a realização do evento. Desta forma a assessoria afirma que não houve nenhum termo de permissão de uso da Pedreira Paulo Leminski firmado com nenhuma produtora, muito menos com os organizadores do show da dupla. A fundação também deixa bem claro que não se responsabiliza por qualquer ato de terceiros nesse sentido. A nota termina ressaltando que as providências cabíveis já estão sendo tomadas pela Comissão de Análise de Eventos de Grande Porte (CAGE).
Fonte: http://www.bonde.com.br/bonde.php?id_bonde=1-2--35-20081118

Bem pessoal, resolvi publicar este fato que houve pois penso que todo cuidado é pouco para se divulgar um evento, principalemte para a agência que está envolvida, não sei se este é o caso, mas nos serve de alerta. O devido compromisso para com a sociedade é importante para não cometer este tipo de gafe. A informação com responsabilidade deve ser presente em todos os momentos de uma campanha seja ela de nível nacional ou para um público seleto. Antes de divulgar, deve-se ter o cuidado e absorver todas as informações sobre locais, condições do ambiente onde está se prevendo realizar um evento, alertas até para condições climáticas com avisos e tudo mais, para não se ter dor de cabeça no momento de realização, toda cautela é pouca antes de propagar uma mensagem pois a responsabilidade é primordial antes de se veicular um acontecimento social, afim de preservar ou conquistar a credibilidade.

22 de nov de 2008

Celula midiática



Em um país cercado por tecnologia, acessar a internet e mandar e-mails pelo celular é atividade mais que comum. Muita gente lê livros formatados especificamente para o telefone e muitas obras saem para o celular antes do lançamento em papel - quando saem em papel, na verdade. Mas o choque cultural acontece mesmo quando você vê o telefone sendo usado como ingresso em eventos, para pagar o metrô ou até mesmo como substituto do bilhete de papel na hora de embarcar em um avião.

Basicamente, as operadoras japonesas oferecem vários serviços de osaifu keitai, ou "pagamento via celular", que vão além do "mande um SMS, receba um refrigerante na máquina", que começa a aparecer aqui no Brasil. Lá, os aparelhos são habilitados com chips de radiofreqüência (RFID), o que possibilita fazer transações monetárias sem dinheiro ou cartão de crédito. A conta vai direto para sua fatura mensal do celular.

Um único telefone pode ter dinheiro virtual (e-money) e vários cartões de crédito...

Isso vale para garantir a entrada em eventos e até substituir o papel na hora de embarcar em vôos. As leitoras de bilhetes nos terminais de aeroportos lidam com as passagens tradicionais, mas também têm um sensor para ler os dados do código de embarque diretamente do celular do passageiro.

Outra função do código de barras 2D faz muito sucesso em anúncios e embalagens de produtos: você aponta a câmera do celular e vai direto ao site do fabricante.
leia mais.

Bom pessoal, onde iremos parar com tanta tecnologia. Que bom isso tudo, creio é que para melhorar nossa vida e nos dar mais conforto, mas temos que tomar cuidado e nos orientar a respeito da segurança com esta tecnologia, pois a idoniedade de muitos são duvidosas, e golpes são inevitáveis, portanto, a atualização diária dos fatos e mudanças são interessantes para quem não quer ficar fora do contexto e podem se deparar em situações constrangedoras.

INTERATIVIDADE


Google altera sistema e deixa internautas
mudarem resultados de buscas

O Google apresentou na quinta-feira (20) um sistema que permite que os usuários de sua ferramenta de buscas alterem a ordem dos resultados das pesquisas ou apaguem as entradas que não considerarem relevantes. Essa é a primeira vez que o buscador permite que os internautas editem o sistema desta forma.

O objetivo é fazer com que os resultados reflitam melhor os gostos pessoais. Com isso, a ordem das entradas para as pesquisas poderá ser alterada pelos usuários --os links vão aparecer do modo escolhido por ele da próxima vez que a mesma busca for feita. A implantação da ferramenta será gradual.

Para usar o sistema, chamado SearchWiki, é preciso estar logado na conta do Google. Na lista de resultados, irão aparecer botões para cada link. Ao clicar em uma seta que aponta para cima, o usuário vai mover aquela entrada para cima. Ao selecionar o "X", o internauta vai deletar o resultado, que não vai aparecer na próxima vez.

A mudança indica uma posição importante no método de buscas do Google. Em sua página oficial, a empresa afirma que "métodos complexos e automatizados de pesquisa do Google impedem qualquer tipo de interferência humana" e que "ninguém consegue comprar uma posição mais alta ou solicitar alterações nos resultados".

Um dos sistemas utilizados pelo Google para determinar a ordem das entradas é o PageRank, fator que determina a importância de cada site com base em sua popularidade --tabulada pelo número de links que levam para aquele site e a importância das páginas que levam até ele.

Apesar de a novidade não alterar as fórmulas usadas pelo Google, a empresa não descarta utilizar a preferência dos internautas para modificar os algoritmos que determinam os resultados. Por enquanto, o Google diz que quer tornar o sistema "mais útil para cada indivíduo".

Agora, os usuários também poderão abrir uma caixa de comentários sobre os sites, para ter referências sobre os links no futuro. Os comentários serão compartilhados com outros usuários que estiverem logados.

Fone: http://www1.folha.uol.com.br/folha/informatica

"Bem pessoal, esta matéria é pra gente sentir que o futuro é mesmo a interação com o público. Sabe-se que o ser humano é bastante semelhante, porém, com diferenças intensas, e devemos estar prontos pra poder entender estas necessidades. a google já pensou nisto, nós temos que nos orientar através destes acontecimentos que nos permeiam pra entrarmos no mundo interativo, pois sobrevivem os que atendem melhor, mas pra isso é melhor entender o público alvo e oferecer as melhores mídias para cada caso. Saber entender é sinal de um melhor relacionamento, o que é fundamental, principamente para publicidade".

20 de nov de 2008

Tendência da mídia

PAINEL ELETRÔNICO - GOIÂNIA - Av. 136 com Rua 90 Localizado em uma das principais avenidas da cidade, Goiânia recebe da rede Eletromídia - Fênix, um painel eletrônico de alta definição levando informações e entretenimento para aqueles que circulam por sua localização, a Av. 136. A partir de agora você poderá apresentar a sua marca, seus produtos e serviços, com imagens em movimento, atraindo de forma inédita mais de 75 mil pessoas que circulam diariamente pela região.
Fonte: http://www.fenixpaineis.com.br/site.do?categoria=Home

Olhem só, esta é uma tendência que acredito que logo teremos bastante nas cidades, pelo fato de ser uma mídia eletrônica de alta tecnologia, esta é uma forma inovadora e futurista de apresentar e fazer a publicidade de um produto, que ao meu ver, seu efeito é quase como a televisão, no entanto, a sua localização poderá ser feita em posições estratégicas da cidade, onde centenas de pessoas poderão ser atingidas. Entendo que pode ser uma boa opção para o lançamento de um produto ou reforço da marca, visto que, neste tipo de mídia de nível avançado, existe um certo "charme" na veiculação pelo seu alto teor tecnológico e pela forma de divulgação através deste meio.

18 de nov de 2008

Oceano de plástico

Durabilidade, estabilidade e resistência a desintegração. As propriedades que fazem do plástico um dos produtos com maiores aplicações e utilidades ao consumidor final, também o tornam um dos maiores vilões ambientais. São produzidos anualmente cerca de 100 milhões de toneladas de plástico e cerca de 10% deste total acabam nos oceanos, sendo que 80% desta fração vem de terra firme.













No oceano pacífico há uma enorme camada flutuante de plástico, que já é considerada a maior concentração de lixo do mundo, com cerca de 1000 km de extensão, vai da costa da Califórnia, atravessa o Havaí e chega a meio caminho do Japão e atinge uma profundidade de mais ou menos 10 metros .
Acredita-se que haja neste vórtex de lixo cerca de 100 milhões de toneladas de plásticos de todos os tipos. Pedaços de redes, garrafas, tampas, bolas , bonecas, patos de borracha, tênis, isqueiros, sacolas plásticas, caiaques, malas e todo exemplar possível de ser feito com plástico. Segundo seus descobridores, a mancha de lixo, ou sopa plástica tem quase duas vezes o tamanho dos Estados Unidos.






O oceanógrafo Curtis Ebbesmeyer, que pesquisa esta mancha há 15 anos compara este vórtex a uma entidade viva, um grande animal se movimentando livremente pelo pacífico. E quando passa perto do continente, você tem praias cobertas de lixo plástico de ponta a ponta.














Tartaruga deformada por aro plástico
A bolha plástica atualmente está em duas grandes áreas ligadas por uma parte estreita. Referem-se a elas como bolha oriental e bolha ocidental. Um marinheiro que navegou pela área no final dos anos 90 disse que ficou atordoado com a visão do oceano de lixo plástico a sua frente. 'Como foi possível fazermos isso?' - 'Naveguei por mais de uma semana sobre todo esse lixo'.
Pesquisadores alertam para o fato de que toda peça plástica que foi manufaturada desde que descobrimos este material, e que não foram recicladas, ainda estão em algum lugar. E ainda há o problema das partículas decompostas deste plástico. Segundo dados de Curtis Ebbesmeyer, em algumas áreas do oceano pacifico podem se encontrar uma concentração de polímeros de até seis vezes mais do que o fitoplâncton, base da cadeia alimentar marinha.












Todas a peças plásticas à direita foram tiradas do estômago desta ave

Segundo PNUMA, o programa das nações unidas para o meio ambiente, este plástico é responsável pela morte de mais de um milhão de aves marinha todos os anos. Sem contar toda a outra fauna que vive nesta área, como tartarugas marinhas, tubarões, e centenas de espécies de peixes.















Ave morta com o estômago cheio de pedaços de plástico

E para piorar essa sopa plástica pode funcionar como uma esponja, que concentraria todo tipo de poluentes persistentes, ou seja, qualquer animal que se alimentar nestas regiões estará ingerindo altos índices de venenos, que podem ser introduzidos, através da pesca, na cadeia alimentar humana, fechando-se o ciclo, na mais pura verdade de que o que fazemos à terra retorna à nós, seres humanos. Antes de Reciclar, reduza!

Fontes: The Independent, Greenpeace e Mindfully

Ver essas coisas sempre servem para que nós repensemos nossos valores e principalmente nosso papel frente ao meio ambiente, ou o ambiente em que vivemos. Devemos ter a consciência de que andamos todos juntos em um mundo de extrema participação de todos, seja ele em um ambiente de consumo, negócios, poderes, etc, o que seria de um mundo sem comércio... talvez fosse melhor, não sei, quando nasci isso já existia, mas cabe a nós agora termos o bom senso da preservação, afinal que mundo queremos para nossos filhos se não sabemos com quem convivemos. Tudo isso em nossa vida é uma passagem, assim como nossos momentos, logo não os teremos mais, portanto, se aproveitarmos da melhor forma, teremos orgulho de tê-los vivido, e assim teremos histórias pra contar. No ambiente de publicidade também não é diferente, a mídia que temos hoje não será a mesma amanhã, somente histórias. Usá-la com consciência, cabe a nós a decisão e as influências que podemos passar. Temos que ter a preocupação com o consumidor final, como ele ira tratar daquela embalagem que estava com o produto vendido. Tudo é uma questão de ética, compromisso e responsabilidade. Afinal o mundo que ele vive é o mesmo meu.

15 de nov de 2008


Pois é... vamos lá então.

Neste sábado (15/11/08) aproveitando o maravilhoso dia de sol, resolvi ir almoçar no autódromo internacional de Curitiba, onde será realizado amanhã mais uma etapa do campeonato de a sétima e penúltima rodada do Telefônica Speedy GT3 Brasil. O torneio dos supercarros desembarca pela segunda vez no ano no circuito Raul Boesel, e dividirá a pista com a Copa Renault Clio e a Fórmula 3 Sul-Americana. aproveitando o momento das horas que passei por lá comecei a refletir no quanto de grana que rola com patrocínio neste tipo de evento, no qual envolve uma série de aparatos e equipes enganjadas para a realização de um acontecimento esportivo. Foi bacana estar perto admirando os carros e acompanhar um pouco das estratégias das equipes para um bom desempenho na corrida. Como circulei pelos bastidores do evento refleti bastante sobre a fundamental participação de uma agência bem estruturada por tráz de toda aquela organização.

14 de nov de 2008

Apresentação

Olá, meu nome é Adilson Cavallinni, sou funcionário de uma empresa de energia . Minha formação profissional é técnico de contabilidade e um currículo formado por vários conhecimentos e treinamentos em minha área de atuação, mas sempre tive uma certa queda por comunicação. Hoje estou cursando Publicidade e Propaganda e depois de formado se tiver um pouco de sorte, pretendo atuar na área.

Primeiramente este blog foi criado para a disciplina de mídia, orientada pelo bacana professor Ney Queiroz Azevedo. A princípio é para obtenção de nota do 2º semestre, mas já estou começando a gostar do brinquedo, e acho que vai ser de grande utilidade para minha formação e minha vida.