22 de nov de 2008

INTERATIVIDADE


Google altera sistema e deixa internautas
mudarem resultados de buscas

O Google apresentou na quinta-feira (20) um sistema que permite que os usuários de sua ferramenta de buscas alterem a ordem dos resultados das pesquisas ou apaguem as entradas que não considerarem relevantes. Essa é a primeira vez que o buscador permite que os internautas editem o sistema desta forma.

O objetivo é fazer com que os resultados reflitam melhor os gostos pessoais. Com isso, a ordem das entradas para as pesquisas poderá ser alterada pelos usuários --os links vão aparecer do modo escolhido por ele da próxima vez que a mesma busca for feita. A implantação da ferramenta será gradual.

Para usar o sistema, chamado SearchWiki, é preciso estar logado na conta do Google. Na lista de resultados, irão aparecer botões para cada link. Ao clicar em uma seta que aponta para cima, o usuário vai mover aquela entrada para cima. Ao selecionar o "X", o internauta vai deletar o resultado, que não vai aparecer na próxima vez.

A mudança indica uma posição importante no método de buscas do Google. Em sua página oficial, a empresa afirma que "métodos complexos e automatizados de pesquisa do Google impedem qualquer tipo de interferência humana" e que "ninguém consegue comprar uma posição mais alta ou solicitar alterações nos resultados".

Um dos sistemas utilizados pelo Google para determinar a ordem das entradas é o PageRank, fator que determina a importância de cada site com base em sua popularidade --tabulada pelo número de links que levam para aquele site e a importância das páginas que levam até ele.

Apesar de a novidade não alterar as fórmulas usadas pelo Google, a empresa não descarta utilizar a preferência dos internautas para modificar os algoritmos que determinam os resultados. Por enquanto, o Google diz que quer tornar o sistema "mais útil para cada indivíduo".

Agora, os usuários também poderão abrir uma caixa de comentários sobre os sites, para ter referências sobre os links no futuro. Os comentários serão compartilhados com outros usuários que estiverem logados.

Fone: http://www1.folha.uol.com.br/folha/informatica

"Bem pessoal, esta matéria é pra gente sentir que o futuro é mesmo a interação com o público. Sabe-se que o ser humano é bastante semelhante, porém, com diferenças intensas, e devemos estar prontos pra poder entender estas necessidades. a google já pensou nisto, nós temos que nos orientar através destes acontecimentos que nos permeiam pra entrarmos no mundo interativo, pois sobrevivem os que atendem melhor, mas pra isso é melhor entender o público alvo e oferecer as melhores mídias para cada caso. Saber entender é sinal de um melhor relacionamento, o que é fundamental, principamente para publicidade".

Nenhum comentário: